domingo, 25 de julho de 2010

Vale a pena rever!

Dia 01 de abril estive no lançamento do livro de Mary Design. Como o blog havia sido criado recentemente, mais precisamente no dia 28 de março poucas pessoas puderem ver este post. Então resolvi reeditá-lo pois ele vai inaugura uma nova fase no blog: toda semana teremos um post sobre designers e estilistas mineiros aqui!! E para iniciar, nada mais justo do que com Mary Design! Acrescentei também algumas de suas criações que são simplesmente maravilhosas!  Para quem não conhece, ela tem um site que o link esta a direita do blog, e no facebook. Minas possui grandes talentos!

Dia 1 de abril tive o enorme prazer de conhecer pessoalmente a design de bijus, escritora, dentistas....e mulher maravilhosa: Mary Design no lançamento de seu livro na loja Complemento Nominal aqui na Savassi. Além de linda e talentosa ela foi super simpática! E estava usando o objeto do desejo de sua coleção no momento: o colar de lábios! Realmente lindo! E está na novela das 19h da globo! ( a novela que acabou, a Priscila Fantini usava! ).Tb quero!!!!!


Pedi a ela que me enviasse uma breve descrição sobre seu livro para ser postada aqui no blog assim todos poderão conhecer um pouco de sua história.

Vejam o texto que Mary me enviou :



AS PRECIOSAS COISAS BANAIS



Comecei a escrever na minha infância em Rio do Prado... Tinha uma necessidade imensa de ver o mundo em outros planos e passava o dia sobre árvores vendo nuvens e procissão de formigas. Foi lá que aprendi a voar, e metáforas sempre foram bem vindas. Livros não haviam naquela simplicidade de vida, e a gente escrevia com gravetos na areia dos riachos ou na terra vermelha do chão. Tive uma infância poética e solitária, sou a caçula de oito filhos e quase todos saíram da cidade para estudar, tenho certeza que esta condição me fez introspectiva e sonhadora. Aos 11 anos vim para Belo Horizonte, lembro dos abraços de despedida dado nas árvores do quintal. Era preciso ser alguém nesta cidade grande, ou voltaria para trás, era preciso reinventar a vida.

Aos 17 anos fiz minhas primeiras poesias, e elas sempre embalaram momentos em que a vida parecia exigir respostas não sabidas. Sempre foi mais fácil escrever que falar. Em todo meu trabalho com as bijus sempre há um texto alinhavando páginas, em alguns colares escrevo frases, noutros mando bilhetes, e em outros os nós falam pelas minhas dores e das mulheres que se alimentam destas bijus. Há alguns anos, Valeria Andreatta e Liliane Dutra, na época à frente da revista do BH Shopping me presentearam com uma página. Queriam que nela colocasse minha poesia, foi aí que comecei a dedicar mais às crônicas e ao ofício de escrever. Depois veio a revista do Pátio Savassi, e hoje escrevo para a “Hype” de Vitória, e para a “Season” de Belo Horizonte, da editora Voice que me presenteia com a edição deste primeiro livro.

Foram muitos os que acreditaram em meus textos, a querida Déa Januzzi, do caderno “Viver Bem” do Estado de Minas, a revista “Indústria” da Fiemg, e o jornal “Use Fashion” de Novo Hamburgo, dentre outras publicações. Palestras sobre a poesia do meu design se tornaram cada vez mais freqüentes, e versos foram sendo feitos, sejam em papel ou em contas.

O livro “As preciosas coisas banais” traz 50 crônicas, algumas já editadas e outras que se encontravam latentes, num casulo à espera deste dia. Grande parte delas, como o titulo sugere, falam das coisas diminutas e preciosas pelas quais passamos despercebidos no dia a dia. Determinadas palavras, gestos e atitudes estão sendo substituídas por outras mais modernas, era preciso usá-las, resgatá-las, para não serem esquecidas.

Gabriel Figueiredo Arantes, meu filho, estudante de design gráfico, publicidade e propaganda, ilustrou este livro com coração de filho e mão de profissional. Os desenhos diminutos bordam silenciosamente cada texto. Os amados amigos Ronaldo Fraga e Leila Ferreira, tecem palavras sobre estas crônicas que há muito acompanham. Coube à Lúcia Castello Branco e Vania Baeta, coordenar e supervisionar esta tarefa do fazer literário.



Mary Figueiredo Arantes




Dá vontade de sair correndo para garantir o seu, não?

O livro está sendo vendido em todas as livrarias Leitura, Livraria Quixote na Savassi e Canto do Livro no Ponteio em BH


Fotos de coleções passadas e da nova coleção verão 2011 que em agosto estará nas lojas
Uma boa peça é capaz de levar qualquer produção as alturas!!
Se você não quer gastar com roupas novas invista em bijus de peso, elas são capazes de renovar seu guarda-roupas. E Mary Design é uma grande artista, tem a sensibilidade da alma feminina em descobrir o que as mulheres desejam e criar peças atemporias com muita personalidade!
Beijos a todos!

8 comentários:

Luxo de Pink disse...

Que chiquee esse novo post, Aline!
Adoreiii e vou adorarrr conhecer mais designers mineiros!

Bjinhosss

Lise Crippa disse...

Oi Aline!!Fiquei bem feliz de teres gostado do meu blog...Adorei o teu também!!!Minas é um estado de grandes nomes da moda e que eu adoro!!!Adoro o jeitinho de vocês falarem também!! Acho um charme!!
Bjos e ótimo domingo!!


Liseane Crippa

Betty Gaeta disse...

Oi Aline,
amei as peças que vc postou. Eu adoraria ter este livro. Parece ser ótimo. Parabéns pelo post.
Bjkas e uma ótima semana para vc.

lea disse...

amei a tua ideia amiga, assim posso conhecer melhor os talentos da tua terra ne? bjos otima semana

JAF Fashion Trend disse...

Parabéns pela nova etapa do blog, realmente temos excelentes designers, estilistas, artistas, pessoas afins por aqui.

bjos

Deborah O'Lins de Barros disse...

Oi Aline... claro que vi o post... :-) mas textos desse estilo exigem uma leitura assim, como dizer... "degustativa" :-)
vou ler com calma, não aqui no trabalho :-)
beijossssss

Eneida disse...

As peças dela são de muito bom gosto!
Gostei do post!
Beijo!

Sarah - equipe zoé disse...

Amo a Mary Design, parabéns pelo post! Sou da equipe da Zoé, marca mineira de moda novíssima, queria muito de convidar a acompanhar nosso blog (zoemoda.blogspot.com)! Beijos!

Postagens populares